Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2010

Pensa mentes.

Só se decepciona quem pensa.

E eu penso muito.

Na verdade, eu sinto muito.


Sinto muito o que nem existe.



Picadeiro.

Sonhas ser palhaço.
Presupõe que isso jamais
seria profissão de verdade.

Julgas como se o meu
pão de cada dia fosse
besteira, dinheiro fácil.

Imaginas... 
que vida é essa?
Quem pode viver assim?

Das risadas dos outros,
escondido através de máscaras,
de roupas ridículas.

Então, 
posto de tudo que não
tens certeza, sendo apenas
mérito do teu achismo frágil, te convido...

Toma aqui! Põe esse nariz vermelho...

Vem fazer diferença na
vida dessas pessoas que
passam, que não páram, que
trazem dentro de si problemas, angústias,
tristezas, decepções, anseios, preconceitos.

Vem mudar a ti mesmo.
Rir do teu próprio umbigo.
Se expor, virar ao avesso, brincar de descobrir.
Ter olhos de primeira vez para os pequenos detalhes.
Denunciar o erro 
sem medo de parecer ingênuo, burro, idiota.
Ver quão ridícula é a vida!


E se ainda assim, pensares que isso é pouco.
É porque estas com a doença mais grave
que um ser humano pode ter
não saber rir de si mesmo.



L.Oliveira.




[uma resposta a todos aqueles que questionam o 'ser palhaço' e…