Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2013

Mais que opção: escolha,

Imagem
Opções de roupas. bares. jogos. filmes. comidas. pessoas. músicas. relações. livros. empregos. comportamentos, mas ao-final, o que é de fato sua verdadeira escolha?
O mundo urge, o mundo se diz urgente. E tudo pode ser visto como útil, até mesmo quando não o é.
Estar com o outro pelo outro. Pelo que há de atraente. interessante. diferente. e até mesmo irritante, porém único enquanto escolha.
Não é a opção da noite. nem do dia.  Não é por conveniência. muito menos por efeito de: 
(  ) bebida (  ) psicotrópicos (  ) outros. Nem pelos amigos. nem pela família. nem pelo medo de dizer não.
É a escolha - opinião-com-sentimento - própria, pessoal e intransferível. É pele. vontade. o querer. arrepio. o sentir. a necessidade real. o natural.
Um dia mais do que escolher, me importa também ser escolha.


Fome

Não sei se ele estaria preparado para ouvir meu coração.
Fui covarde, e calei. Preferi não arriscar o que já era um risco.
Ele fogo, eu paixão. Ele tesão, eu tesão e amor.
Pena que não se pode viver só de vontades. . .
Principalmente quando tudo que se tem é f o m e.

Besame

Se fosse só a lábia... mas tinham os lábios.

Proibido tragar

No trago, não há trégua,
para quem se entrega.


Sobre dúvidas, respostas e vôos.

Imagem
Talvez melhor do que saber o que quer, é saber o que não quer. As dúvidas não necessariamente são tiradas pelas palavras que queremos ouvir ou dizer, mas sim pelas palavras espontâneas, que vem sem pedir. A verdade pode doer, mas também cura. Não foi ele quem me libertou, apenas o fiz leve e me dei todo o céu pra voar de novo... Voei.






..

                                                   pediu que Ele 
a assumisse                                                                              e Ele 
a assumiu


O peso que a gente dá.

Imagem
"Eu não quero mais sentir isso", "Porque ele isso, ele aquilo, ele, ele, ele..."
Olhe, brigar com-sentimento, com coração é toda uma história. Mas a verdade é que (não só a isso mas muitas das coisas da vida) o peso é a gente quem dá. A gente sabe que evitar pensar seria bom, alimentar o que ás vezes já acabou ou não tem mais pra onde ir, ou apenas aquilo que a gente criou... só que é muito mais fácil culpar o outro, entrar em competição, em comparação. Eu me entrego, e ele nada. Eu me doo(u) , e ele nada. Eu mergulho, e ele n a d a.
Pois bem, eu sou boa, e ele também é, resumo de história. Eu não sou menos pra ele, nem ele é menos pra mim. Talvez nesse momento até seja, é uma questão de não-convergência. Não é porque a gente gosta, que de repente o mundo vai florir, os caminhos se encontrarão, os desejos serão os mesmos, os planos, os objetivos. Acho que o maior desafio numa relação é respeitar um equilibro, em duo e individual.
Mas voltando ao ponto liberta-dor, do …

Vai vendo...

Imagem
Eu aqui vivendo mil verões,                              mil versões. E ele,                               só vi vendo. Bobo.  Se a gente junta                        nossos                                         só-is, o verão dura mais.



Something...

Imagem
Das coisas que insistem em ficar, em fixar.
Às vezes acho que estou esperando demais...
Mas parece que tem um monte de medo no meio.
O que é isso que eu sinto? Tem nome? Dá pra definir?
Não sei lidar, só sei me dar (ou me esconder), só sei sentir, não quero classificar, quero entender.
Pra entender precisa classificar? Precisa estar inserido em algo? Eu não quero.
Só o quero. E a gente aprende a ter tanto medo... não sei de quê.
Da decepção? Mas a vida já é ilusão. 
A gente acha que o amanhã sempre vem, mas quem nos garante isso?
É pura expectativa, só que sempre tem a rotina para nos distrair enquanto ele não vem.
Parece que estamos vivendo a mesma fase, em vidas diferentes, em sentimentos diferentes.
Eu acho... 
É loucura, é um bater descabido, um não sei lidar inocente, é uma dúvida incessante, é um sentir latente, é sonho toda noite.
Tem que dar tempo ao tempo.
Eu só sei de uma coisa, 
é que eu... já não sei de mais nada.



(( and all I have to do is think of his something in the things he shows me
I…