Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2012

De fidelidade.

Fuma um e só toma uma.



De del+limitar.

Alguns ensinamentos custam a dor.
É uma forma de testar os próprios limites.
Ou simples-mente reinventá-los.

De end.

Imagem
Hoje foi noitedia de mais um sonho temático. E eu que pensava que minha novela de sonhos já tinha terminado, afinal, sonhar em capítulos dá uma ânsia danada a cada noite, ou ao menos surpreende e dá pauta pro resto do dia. Eu também pensava que o último sonho tinha sido de capítulo final, mas não foi. Acho que foi truque. É porque o inconsciente sabe que o sentimento ainda está latente. 
Dormi pensando na forma de poder lhe revelar aquilo, e foi tudo revelado em sonho. Eu , ele, encontro. Eu falando que desde o começo algo diferente aconteceu, mudou em mim, talvez tivesse mudado nele também, e tinha. Ele também afirmava, apesar de agora, ser tarde, ou diferente. Ele assumia que sim. Havia recíproca, de verdade. "Especial". 
Mas o fim, e o fim? Acho que era esse, sincero. Sem jogos, máscaras ou medo. Livres de qualquer 'adaptação'. Apenas nós, desfeitos. Um abraço e um encontro de lábios para selar o desencontro.
♦ Até que o enFIM nos separe. ♦



De respostas.

Confusa.


Durmo pensando.


Se acordo pensando no que durmo, é com fusão.


Se acordo despensando no que dormi, é sem fusão.


E ponto.


De romper.

Imagem
a vida 
testa, e atesta. pra  quem dá 
testa, e não se 
basta,
pelo resto.


De eterno efêmero.

Posto que tudo na vida é efêmero. 
Inventaram o eterno 


para-termos
ou
a-creditarmos


no além,
é terno.


(Prelúdio: Todo fim é recomeço, pois é da que noite nascem as manhãs.)



[[Dedicado a Alessandra Garcia.]]

De pró-seguir.

Imagem
Como tenta esquecer, se a mente paralisa?
Se existem os sonhos, a imaginação, as lembranças.
Nunca (ou)vi tanta unanimidade em minha vida: 
"É risco, de alta tensão".
Quando só ouço: 
"Existe algo além...".
Será que sou eu?
Será que é ele?
Será que somos nós?
Será que nem somos?
Era pra ser óbvio, mas às vezes não é.
Porque tem sentimento, existe sentimento.
Ainda não tenho certeza do que sinto.
A vontade é de cuidá-lo.
Desejo de dividir, de aprender, de estar junto e separado.
É como se estivesse no meio de uma estrada,
e enxergasse a placa 'fim', 
mas ainda assim sentisse que há um caminho pra continuar.
Será que ele tem medo do profundo?
Eu também tenho.


 ♫ Acompanhe o pássaro
Mas não atrapalhe o voo

Não tente olhar com as mãos
Estar perto requer outros dons

De todas as coisas, 
eu espero que você permaneça ♫




De desenrola.ação

Imagem
não me enrole não,  deixe.n.rolar.



°P 178° | Bosque dos Rouxinóis

Imagem
Hoje fez um sol bonito. Um sol de céu azul. No meio do céu azul algumas nuvens cinzas. No calor do sol o conforto. Hoje mais um dia se foi, mais alguém que não volta mais. Hoje foi dia de despedir-se. E a gente não aprende a perder. É o ensino da busca pelo acerto. A gente não pensa no fim, só no in-finito. É que o amor de alguma forma é pra sempre. O tempo traz transformação. E o que é natural permanece. Alheio ao que algum dia poderia ser despedida de "pra sempre". Depois que a gente entende que alguns sentimentos estão além corpo, além presença física, além vida. Simplesmente é, e será. Até que então o encontro seja inevitável. Quem sabe em outro plano físico. O que seria do belo se não fossem as memórias, as lembranças? De alguma forma o passado também constrói o presente. Do que fomos, aprendemos, desaprendemos, repreendemos, libertamos. Hoje o dia foi triste, é mais alguém que se foi. É mais alguém que deixa um legado, que deixa um aprendizado para os que ficam. Penso …

.Liberté.
                 .Égalité.
                                 .Fraternité.


                                                                           Mas depende de você.


Das dúvidas.

Despedaço, pedaço ou ex pedaço?
Consentimento ou com sentimento?
Aversão ou a versão?
Incerteza, com certeza.


De leve, leve.

Imagem
Cheguei em casa a procura do plano de fuga.
Ele, pronto, à minha espera.
Vesti a carapuça.


"O jeito é dar uma fugidinha com você".